Artigo

8 estratégias para escolher uma solução de gestão de supply chain e um parceiro

Por Manhattan Staff,
8 Strategies for Choosing a Supply Chain Management Solution and Partner

Num mercado altamente competitivo e instável, movido por consumidores com acesso digital, o seu supply chain é pressionado de todos os lados para manter a satisfação do cliente, se adaptar aos volumes de troca — tudo isso enquanto opera com eficiência máxima.

Responder a essas pressões intensas requer a habilidade de agir com rapidez quando ocorrerem flutuações na demanda de clientes e problemas na rede de abastecimento, sem impactar negativamente o serviço.

Com os sistemas e as estratégias certas preparadas, você pode atender a todos os pedidos de qualquer fonte, em qualquer época do ano. Comece escolhendo a solução e o parceiro, e torne o processo menos complexo, com essas estratégias importantes.

  1. Defina as metas e os problemas do seu negócio. Obtenha uma clara visão dos desafios de seu suplly chain e ligue-os às metas de seu negócio para identificar as lacunas que indicarão as necessidades e o ajudarão em seu processo seletivo.
     
  2. Organize o seu processo seletivo e defina critérios de busca. Reserve um tempo extra logo no início do processo para considerar uma consultoria terceirizada independente, que faça uma avaliação das necessidades de seu negócio e indique as áreas mais críticas que precisam de melhorias no seu supply chain.
     
  3. Monte uma equipe multifuncional. Inclua membros da equipe, além do departamento de TI, para avaliar as soluções e parceiros. A equipe pode ser composta de especialistas internos em distribuição, atendimento ao cliente e sua diretoria executiva.
     
  4. Analise o portfólio de clientes do parceiro em potencial. Quais setores eles atendem e se eles compreendem bem as necessidades únicas de seu negócio. Feche uma parceria com alguém que possua vasta experiência e conheça o seu setor, para economizar tempo e dinheiro.
     
  5. Avalie a visão do fornecedor da solução, se ele tiver uma! A empresa possui um plano estratégico e estratégia de produto em longo prazo? Escolha um parceiro que esteja voltado para o futuro, que seja inovador e invista periodicamente em pesquisa e desenvolvimento. Um fornecedor que não tenha dívidas já é uma vantagem.
     
  6. Compreenda os verdadeiros custos envolvidos. Suporte, manutenção, atualizações e modificações personalizadas podem impactar as decisões de compra. Conhecer esses detalhes ajuda a influenciar custos de suporte e a identificar soluções com recursos integrados que acompanham o crescimento do seu negócio.
     
  7. Alavanque os atuais investimentos em TI e padronize os processos. Saiba como os parceiros podem construir com os seus investimentos em tecnologia anteriores e ajudar a criar processos comerciais uniformes em sua empresa com os sistemas que você pode ter adquirido por meio de fusões e aquisições.
     
  8. Certifique-se de que a solução esteja alinhada com o negócio. As modificações podem ser dispendiosas. Encontre um parceiro que ofereça soluções que se alinham com os processos de seu negócio, alguém que proporcione a funcionalidade que você precisa, com a mínima ou nenhuma modificação necessária mais adiante.

A diferença entre selecionar uma boa solução de supply chain e um bom parceiro e uma excelente solução e um excelente parceiro é fazer o trabalho certo antecipadamente.  

As pressões sobre o supply chain continuarão a se intensificar, pois apenas algumas organizações consideram que o seu supply chain, como componente comercial flexível, seja uma vantagem. O alinhamento cuidadoso de processos dos sistemas e parceiros garantirá que seu supply chain esteja pronto para qualquer coisa.  

Cumpra sua promessa aos clients